Esclerose múltipla deixa marcas no sistema nervoso e é via-crúcis para pacientes, do diagnóstico ao tratamento

Nos últimos 20 anos, o transplante de células-tronco …  

Veja a notícia na integra
Veja a notícia na integra



Dr Elíseo J. Sekiya
Consultor científico Médico
Doutor em Ciências Médicas – FMUSP
COMENTÁRIO: Nos últimos 20 anos, o transplante de células-tronco hematopoiéticas autólogas (do próprio paciente) tem sido utilizado como uma opção de tratamento para formas agressivas, com o objetivo de destruir o sistema imune defeituoso com uma dose elevada de quimioterapia, seguida de transplante de células-tronco hematopoiéticas autólogas para reconstituir o sistema imune. Como as células-tronco hematopoiéticas são encontradas na medula óssea e no sangue de cordão umbilical, a preservação destas células colhidas do sangue de cordão umbilical poderá ser uma das mais importantes fontes disponíveis para estes tratamentos, principalmente em crianças.


LEIA TAMBÉM

Drª Laura Yolanda Chialanza Garcia esteve presente em Washington

“Drª Laura Yolanda Chialanza Garcia esteve presente em Washington, EUA, no importante Simpósio Sobre Síndromes Mielodisplásicas, representando nosso grupo.  …

LEIA TUDO >>

Therla Monteiro Alves de Assis

DEPOIMENTO THERLA MONTEIRO ALVES DE ASSIS 22/11/2012 Criopreservar as células-tronco do nosso bebê é mais uma segurança que damos aos…

LEIA TUDO >>

Simpósio SP ONCO III

Simpósio SP ONCO III   Dr Marcelo Belesso ministrou palestra no Simpósio que reuniu profissionais da área de Oncologia de…

LEIA TUDO >>

RECEBA AS ÚLTIMAS NOVIDADES:  

© Copyright 2018 CORDCELL. Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento: mufasa